ABRABULL Bulldog Inglês
Faça parte desta associação!

Sócios: Conheça o Canil Bark Bull

Data: 27/05/2012

Preparamos algumas perguntas para auxiliar o sócio criador.
Veja como respondeu Erik Vieira e Letícia Abreu - Canil Bark Bull da cidade de São Paulo - SP, que criam bulldogs desde 2007 e vem criando com dedicação, respeito e comprometimento com a evolução da raça.

1- Na sua opinião, qual o papel fundamental do criador?
Na nossa opinião o fundamental é gerar cães saudáveis dentro do padrão da raça.

2- Qual a principal orientação que um novo proprietário de Bulldog deve receber?
Sempre informamos as pessoas que nos visitam e adquirem bulldogs do nosso canil que ter um bulldog é algo de imensa responsabilidade, pois é uma raça robusta na sua forma física, mas sensível ao mesmo tempo. Exige cuidados diários como limpeza dos olhos, orelhas, etc, atrelado a uma alimentação de qualidade e exercícios moderados. Importantíssimo avisar aos novatos sobre os cuidados com a exposição do animal ao calor, que pode ser fatal caso não se tome o devido cuidado.

3- Pense em quando você começou a criar, qual dica valiosa você não teve no início?
Na nossa opinião o mais importante é gastar um bom tempo para decidir a linha de sangue que gostaria de criar, pesquisar características das diversas linhas é muito importante para que possa como criador ter uma marca, característica própria. Quando iniciamos a criação não nos preocupamos com isto e acabamos direcionando nossa criação conforme evoluímos nossa experiência, e com isto pagamos um preço alto, adquirindo exemplares que hoje praticamente não usamos na nossa criação. 

Outra dica também é selecionar o melhor macho para a sua fêmea, analisando características que poderiam ser melhoradas e evitar a duplicidade de faltas nos acasalamentos, muitas vezes o melhor macho da exposição não necessariamente é o melhor macho para sua fêmea, tudo tem de ser analisado, estudado com base no padrão da raça, pedigree e também nas suas convicções como criador, pois criar bulldogs é praticamente uma arte.

4- Como funciona o trato diário de seus cães?.
Atualmente a estrutura do canil é composta por 13 baías com aproximadamente 8m2 cada uma, sempre mantemos um animal por baía. Lavamos o canil 2x ao dia com detergente neutro, desinfetante e água sanitária, nunca deixamos o canil sujo, de hora em hora visitamos as baías para verificar e constatar alguma sujeira indevida. Costumamos dizer que o nosso medidor de limpeza é o cheiro, não podemos em hipótese alguma sentir odor de fezes e urina. A limpeza é essencial para evitarmos doenças aos animais e proporciona conforto para os cães ao mesmo tempo. Os cães são alimentados 2x ao dia com ração super Premium e exercitados individualmente, ou em grupo, de 2 a 3 vezes ao dia e no máximo 10 min. Eles são banhados a cada 15 dias com shampoo especial a base de Clorexidine.

5- Como você analisa o papel da ABRABULL no desenvolvimento da Raça no Brasil?
O papel da Abrabull é fundamental, pois na nossa opinião é um canal que visa divulgar, conscientizar e trocar experiências entre criadores e aficionados da raça, e para nós os melhores fazem parte deste grupo. O estímulo a cada ano de se criar uma nacional mais competitiva com juízes reconhecidos internacionalmente incentiva todos os criadores a buscar o melhor em suas criações, sejam com cruzamentos melhores planejados assim como a importação de novos exemplares enriquecendo o cenário nacional. Acreditamos que um dia os criadores brasileiros serão os melhores do mundo no que tange a criação de bulldogs e acho que estamos evoluindo para isto, mas também temos ciência da longa estrada ainda para se percorrer.

Agradecemos a participação do Canil Bark Bull, Erik e Letícia. Se voce quiser participar, escreva para contato@abrabull.com.br

Confira outras notícias

CBKC FCI CBRB
Premier
Site produzido pela Netface